Sharing is caring!

Há mil e um maneiras de colorir uma cozinha, mas estas são monocromáticas, preto no branco ou branco com preto. Seja por onde for o objectivo é destralhar, minimizar e simplificar a decoração das cozinhas que tendem com o uso diário entre cozinhados, miúdos e amigos a não estarem sempre impecáveis. Visualmente, e não só, é importante manter este espaço limpo e arrumado. Estas simples soluções criam perfeitas ilusões de um espaço organizado.

  1. Parede preta: claramente confere um protagonismo enorme à parede, e ao manter o resto do espaço simples ganha outra dimensão.

2. Backsplash: ou a “área molhada” da cozinha, sem tradução mas com imensa importância no desenho e decoração de uma cozinha. Aqui de uma cor única, neste caso preto e deixando o resto em branco. Todos os elementos, como armários, dentro dessa área têm a mesma cor.

3. Trocar os tons: se o normal tem sido armários em branco com apontamentos em preto, aqui trocam-se as voltas e a estrutura dada ao espaço está toda nos armários pretos.

4. Parede e Bancada: a melhor maneira de simplificar e dividir os tons, branco e preto com igual quantidade e importância.

5. Prateleiras: se as paredes são brancas, porque não usar prateleiras pretas e abertas. Nem tudo tem que estar fechado num armário.

6. Adereços: outra maneira de colocar preto numa cozinha branca é apostar, sem grandes medos, nos adereços em preto, bancos, vasos, tabuleiros, peças que mesmo mudando de sítio pertencem aqui.

7. Bloco: tratar a cozinha como um nicho, criar a ilusão de bloco inserido noutro. O resto é deixado em tons claros e abertos.

8. White Canvas: aqui há espaço para qualquer cor. O branco como se sabe é a perfeita tela para o que vier, e embora chame a utensílios pretos pode receber mais do que apenas pormenores.

9. Aberto: esconda apenas o que não é bonito e atrapalhe, o resto pode dar a qualquer cozinha a sensação de vida vivida. A loiça e adereços, porque não DIY, pode fazer parte da decoração e a base dos armários em preto dá-lhe a perfeita base para viver.

10. All Black: arrojar nunca fez mal e este é um exemplo de como usar uma cor, várias texturas e criar o que imaginamos ser um ambiente único.