“A história da Lavandiska poderia ser contada em tom de fábula. Era uma vez uma pequena ave que, de salto em salto, começou a voar. E as suas asas levam-na cada vez