Outros artigos

5 dicas para um casamento low cost
Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

Todos querem um casamento low cost e, independentemente das possibilidades financeiras dos noivos (e/ou dos seus familiares), há sempre algumas coisas em que se consegue evitar despesas desnecessárias ou arranjar alternativas mais económicas.

De qualquer forma, a festa do casamento requer sempre um investimento financeiro significativo: muitos convidados, espaço, serviço de catering, fotografia e vídeo, música, vestido, alianças e…claro: a decoração de todo o evento.

Não será a primeira vez que alguém lhe diz que o dia do casamento é um dos dias mais felizes da sua vida. Por ser verdade, a decoração do seu casamento deve reflectir a magnitude desse dia tão especial, ainda que se trate de um casamento low cost.

A organização do casamento não tem de ser um sacrifício nem um quebra-cabeças. O espírito prático e o aconselhamento de alguém experiente (a melhor amiga, já casada), são ajudas preciosas nos meses que antecedem o grande dia.

Quando chega a altura de fazer o orçamento do seu casamento low cost, a única conta é a de somar, por isso subtraia o supérfluo e o exagero e viva o planeamento com a emoção que o evento merece.

Um bom planeamento ajudarão não só a economizar, mas também a fazer do casamento um evento feito por si e para si, reflexo dos noivos e das suas personalidades.

5 DICAS PARA UM CASAMENTO LOW COST:

1. O conceito como o ponto de partida: Comece por criar um concept board, onde define o tipo de ambiente que quer criar, a palete de cores que vai usar, ideias para pequenos apontamentos. Este concept board servirá de guião e inspiração para todas as decisões que tomar na escolha de materiais e peças. Assim, sem perder de vista o resultado final pretendido, não desperdiçará dinheiro em toalhas nacaradas e candelabros em talha dourada em ambientes modernos e descontraídos, nem sedas naturais e luzes neon em ambientes campestres. Afinal, é um casamento low cost e não quer fazer investimentos desnecessários.

2. Pense em todos os pormenores: A decoração de um evento, em especial de um casamento, não se prende apenas com os centros de mesa e a passadeira para o altar. Alargue o concept board ao convite, ao placard das mesas, ao menú do copo de água. Tudo deve estar em sintonia e harmonia. Além disso, no que toca ao orçamento, tudo são custos, por isso pondere, por exemplo, poupar no papel do placard das mesas e gastar nas flores de centro da mesa dos noivos (ou vice versa). Designers especializados e tecnologia são hoje a forma ideal para arranjar uma solução adequada ao fim pretendido: um lettering diferente, uma cor berrante, uma frase original, um e-mail ou video gravado pelos noivos, tornarão o seu convite de casamento especial, sem fugir das possibilidades de um casamento low cost.

3. Ponderar e planear custos extraordinários: Há inúmeras variantes que podem condicionar o orçamento de um casamento low cost. Há que ter atenção que, por exemplo, no Inverno, se tradicionalmente a reserva do espaço é mais barata, irá despender em aquecimentos. No Verão, se a quinta da sua família tem um jardim muito bonito onde gostaria de receber os seus convidados, lembre-se que poderá necessitar de uma tenda para o copo de água, casas de banho extra, uma unidade móvel de cozinha, o transporte e alojamento de convidados.

4. Organização, tempo e faça você mesmo: Um casamento low cost requer muita organização e tempo, porque não poderá satisfazer-se com o primeiro orçamento que lhe apresentarem, porque haverá sempre uma alternativa melhor e – se possível – mais em conta. No que toca à decoração, se tiver habilidade e know-how, faça você mesmo os convites, missais, placard de mesa, ementas, centros de mesa.

5. Estude e pondere os prós e contras: Em todos os casamentos, e num casamento low-cost não é diferente, há um conjunto de possibilidades diferentes de espaços, decorações, ambientes. Há também muitos textos escritos e manuais que podem ser uma importante ajuda na hora de decidir. Aconselhe-se e pondere os prós e contras: um espaço bonito não requer tanta decoração; habitualmente, centros de mesa em velas são mais baratos do que arranjos de flores e criam ambientes acolhedores à noite; um canto com uma máquina fotográfica e acessórios divertidos darão recordações inesquecíveis que poderá enviar aos convidados mais tarde como forma de agradecimento, em vez das tradicionais (e dispendiosas) lembranças de casamento. Investigue e pondere: há um mundo de soluções originais que ajudarão a controlar o orçamento sem tornar o seu dia menos especial.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp