Sharing is caring!

Enquanto as obras n’#acasadahomy decorrem, há que começar já a pensar na decoração e em tudo o que vamos precisar para nos voltarmos a sentir verdadeiramente em casa.

Depois de um profundo desbaste em tudo o que era desnecessário e supérfluo e de uma reflexão material sobre as coisas que (já) não nos diziam nada (guidelines para uma espécie de minimalismo: AQUI), acho que quando voltarmos para casa e pusermos todas as nossas coisas de volta ao seu lugar, não vai haver nenhuma divisão completa e acabada…

Era para ser assim, um recomeço. Mas agora assusta…depois das obras ainda vão ser umas semanas até conseguirmos ter a casa composta…

Por outro lado, nada melhor que poder decorar do zero, fazer as escolhas que queremos e que fazem sentido para aquela casa.

Já tenho uma wishlist bem composta de peças que adoro! Mas há que fechar capítulos, por isso decidi começar pela divisão que foi sempre a menos atendida de toda a casa…o nosso quarto!

Por ter sentido isso mesmo, já anos depois de nos termos mudado fizemos um pequeno makeover que fez T-O-D-A a diferença: pintámos uma parede e o resultado foi este, lembram-se?

long time ago…

Agora está tudo em branco novamente e as únicas coisas que temos são:

  • umas almofadas handmade by avó da homy (na foto acima)
  • a nossa cama sommier com arrumação
  • uma mesa de cabeceira vintage (não tenho foto…)
  • e pouco mais…

Hoje em dia acho que já posso afirmar que, gosto de muita coisa (quase tudo), mas o meu estilo pessoal é: simples, neutro de base, mas com muitas texturas e materiais naturais e por fim um toque de cor mais arrojado.

O mote vai partir daquelas almofadas que a minha querida avó me fez!, e assim começa o projecto decor quarto de casal n’#acasadahomy!

INSPIRAÇÕES VIA PINTEREST:

Cabeceira de cama:

Vamos começar pela cabeceira (ou pela falta dela). Nunca tivemos, porque este tipo de camas não tem de origem, nunca foi uma peça que considerássemos super essencial, mas reconhecemos que é francamente um elemento de conforto e compõe o ambiente.

Das diversas opções de formatos e materiais existentes no mercado (muitas delas muito criativas e originais – de que já vos falámos AQUI, AQUI e AQUI), estamos divididos entre duas hipóteses: ou uma estrutura simples em madeira (como a da imagem) ou pintamos novamente a parede, para criar um efeito visual semelhante.

CABECEIRA DE MADEIRA SEIL

Esta cabeceira é da KENAYHOME e há com diversos acabamentos (verde/menta/cinza e branco). Só temos imagens nesta cor, mas para o nosso quarto provavelmente optássemos pelo tom cinza…

Em modo pintura, optaríamos por algo deste género:

Ainda é algo por decidir e, provavelmente será das últimas coisas a fazer.

Tapete

Temos algum espaço entre os pés da cama e o roupeiro que nunca teve um tapete, mas bem merece. Há quem se queixe muito sobre as dificuldades em encontrar o tapete perfeito (eu incluída), mas por acaso desta vez o problema é mesmo escolher!

Top 3 de tapetes para o nosso quarto:

  1. Azteca da Trendy Pillows:

2. Tapete estilo berbere ‘Mirjana’, da LaRedoute

3. Tapete kilim, da KilimPT

Todos estes tapetes permitem manter as almofadas que já temos, dão um toque de cor ou padrão mais acentuado e dão o look mediterrânico que gosto.

Mesinhas de cabeceira

Temos uma, que pode passar a mesa de apoio noutra zona da casa, e do meu lado (onde estava a cómoda Malm, do Ikea) está um espaço por preencher.

Gostava de conseguir uma solução com arrumação, mais do que uma simples mesa de cabeceira.

Algo assim, por exemplo…

Mas a verdade é que não tenho muito espaço, por isso a busca pelo móvel perfeito está em marcha.

ALGUMAS OPÇÕES:

Móvel ‘Cabinet Rita’, na Kavehome

Armário de duas portas ‘Eugénie’, da LaRedoute

OUTRAS OPÇÕES (sempre com um pouco de arrumação):

Mesinha de cabeceira ‘Pletenice’, da LaRedoute

Mesa de cabeceira ‘Slider’, no El Corte Ingles

Por fim, alguns dos acessórios de decoração que estão na minha wishlist para o projecto decor quarto de casal d’#acasadahomy:

Para já é o que tenho de inspirações e de wishlists para o nosso quarto! O que acham? Estou no bom caminho?

Podem acompanhar todo o processo de makeover da minha casa no meu Instagram!

Até já!

Margarida B.