O construir o quarto do baby M. é o desafio actual da #anovacasadahomy!

A vantagem de não ser [de longe] a primeira das amigas a ter um bebé, é que podemos contar com todos os ensinamentos, conselhos e experiências pelas quais as amigas já passaram, e assim, ajudar-nos a tomar decisões, numa altura em que tudo é novo e tudo é desconhecido [na verdade, é uma fase em que tudo-é-muito-tudo, e está tudo em todo o lado com mil opções].

A desvantagem é que, se não nos organizamos e não nos focamos, perdemos a capacidade de tomar [boas] decisões e podemos perder-nos no meio de tanta novidade e tanta coisa querida!

Aqui por estes lados, como a chegada do baby M. à #anovacasadahomy se aproxima, é chegada a altura de traçar um plano, tomar decisões e partir para a construção do quarto do baby M.

 

Como ponto de partida tomámos os posts que a Margarida B. já tinha deixado aqui no blog [podem relê-los aqui e aqui], que foram uma óptima ajuda para recentrar no essencial.

Nunca vamos conseguir ter todas as peças de que mais gostamos, e sabemos que temos de fazer opções, por isso, sentimo-nos muito mais confiantes quando as tomamos alicerçados nos argumentos de quem já tem alguns anos disto!

Como ainda vamos dedicar muito tempo à “construção” quarto do baby M. decidimos dividir esta ‘mini-série’ de posts em várias partes, sendo que a esta primeira será dedicada ao mobiliário do quarto do bebé [começamos pelos equipamentos de maior envergadura!].

Quanto a esta parte, organizámo-nos assim:

1. Definição das necessidades do quarto do baby M.: [check!]

Depois de identificarmos as necessidades do quarto do baby M. percebemos que vamos ter de encontrar 5 elementos principais: a) um berço para ficar no nosso quarto nos primeiros tempos; b) berço/cama de grades para o quarto dele; c) um trocador; d) espaços de arrumação [o quarto não tem armários de origem… medo!]; e, por fim, e) uma poltrona, sofá, etc. para estarmos confortáveis ao pé dele.

2. Lista daquilo que conseguimos reutilizar dentro do panorama familiar / grupo de amigos: [loading…]

Nesta fase em que tudo parece essencial [porque há sempre alguém para quem ‘aquela’ peça fez toda, toda a diferença], é importante perceber o que conseguimos reutilizar dentro do nosso núcleo, não só porque ajuda no controlo de custos, mas porque pode ser uma boa oportunidade para criar tradições! É muito giro os primos mais tarde perceberem que dormiram todos no mesmo berço nos primeiros tempos, que todos tiveram a mesma cómoda, ou que aquela marca foi feita alguém, no dia x.

Por isso, antes de comprar peças que não terão para nós qualquer valor e que mais tarde podem não servir para mais nada, pode ser importante olharmos para o longo prazo e ver o que faz realmente sentido comprar!

3. Moodboards com as nossas peças preferidas (ou que fazem mais sentido) para o quarto do baby M.: [still loading…]

Ainda estamos em processo, mas deixo-vos algumas das imagens que nos têm inspirado…

4. Recolher, comprar e montar tudo no quarto do baby M.: [to be done…!!!]

Ainda não atingimos este objectivo, mas esperamos executá-lo num futuro muito próximo! Esperamos que nos continuem a acompanhar nesta jornada e estejam atentos ao blog, instagram e facebook da Homy onde iremos partilhar os updates!

Todas as sugestões, comentários e partilhas são bem-vindos! Obrigada por estarem aí!

 

Margarida FM 

 

Todas as imagens do pinterest.com // All images from pinterest.com