Sharing is caring!

Compras online?! Toda a gente faz, toda a gente fez e toda a gente já teve experiências óptimas e menos boas!

Mas e comprar artigos de decoração online? Demasiado arriscado?

Comprar um livro ou um gadget de uma marca conhecida e conhecendo as especificações técnicas do produto não tem grande margem para erro.

Comprar um sofá (dicas para escolher o sofá certo, aqui) sem testarmos o seu conforto ou um tapete sem ter bem a certeza da cor ou da textura já não é tão fácil.

Em matéria de decoração, as compras online ainda estão em fase de afirmação e crescimento e o consumidor ainda é um pouco conservador, mas na realidade há boas razões para recorrer ao comércio electrónico também neste tipo de artigos:

1. Oferta e variedade

As lojas de decoração (mais do que noutros ramos de actividade) têm uma limitação: o espaço de exposição. É muito difícil ter em exposição toda a colecção de todas as marcas representadas, todas as variantes dos produtos, os cadeirões com todos os tipos de estofo, os móveis com todos os acabamentos possíveis… mas online muitas vezes conseguimos visualizar os produtos em todas as suas formas, verificar de imediato todas as possibilidades existentes. Não é que em loja não pudessemos chegar às mesmas conclusões por aconselhamento do lojista, mas se calhar víamos “aquele aparador em carvalho” e nem nos chamava a atenção porque procurávamos um móvel lacado a branco. Online é de facto possível ter acesso a mais produtos do que os existentes em loja.

2. Oportunidades a bons preços

Muitas vezes há artigos de colecções antigas, últimas unidades, outlets ou campanhas especiais que só ocorrem online. A venda online também permite reduzir os custos de venda, dando margem para baixar os preços de venda ao público. É uma questão de estar atento, pesquisar, subscrever as newsletters e não perder nenhuma oportunidade!

3. Informação organizada

Nas compras online acedemos a informação organizada e sistematizada, com filtros de pesquisa para que consigamos chegar ao artigo que estamos exatamente à procura. A maioria dos sites de lojas de decoração estão organizados por tipos de produtos e/ou por divisões da casa, sendo depois possível filtrar por materiais, preços e até dimensões. Esta disposição da informação facilita a nossa procura.

4. Comodidade

As nossas lojas de decoração estão espalhadas um pouco por toda a cidade, muitas vezes com horários incompatíveis com os nossos trabalhos, em sítios de difícil estacionamento. As compras online, por sua vez, fazem-se a qualquer hora do dia, do conforto do lar ou à hora de almoço no escritório. Poupa-se tempo e tempo (também) é dinheiro!

5. Reflexão e decisão

Sobretudo na compra de artigos de grandes dimensões ou artigos mais caros, é difícil decidir. Será que cabe, será que fica lá bem? Na loja online, as especificidades estão todas (ou quase todas) disponíveis ali, à distância de um click. A compra online permite que confirmemos no imediato as dimensões do espaço que temos disponível, olharmos para o sítio onde vamos por a peça e “confirmarmos” se fica bem ou se é o mais adequado. Podemos tirar e voltar a tirar as medidas, fazer simulações, sem ter de voltar à loja.

6. Entrega em casa

Muitas vezes sem custo extra (mas nem sempre)! Este é um ponto ainda mais importante quando se trata de grandes volumes. O serviço de entrega, sobretudo com montagem do artigo, é um serviço especializado e, por isso, nem sempre especialmente barato, mas vale cada cêntimo e evita incidentes e acidentes.

Como vimos, há boas razões para optar por este tipo de compra e o ideal é aproveitar já nesta época de saldos (guia para compras sem sobressaltos, aqui).

Somos fãs de compras online e já o fizemos várias vezes, sobretudo para acessórios de decoração (mostramos no Instagram e no Facebook da Homy!), por isso deixamos-lhe as nossas dicas para que tudo corra pelo melhor!

8 DICAS PARA QUE SE SINTA MAIS CONFIANTE E NADA FALHE NAS SUAS COMPRAS ONLINE:

1 – Esteja atento a todos os detalhes e especificações do produto: normalmente a informação sobre materiais e medidas está exaustivamente explanada nas características do produto, mas se não estiver pode entrar em contacto com a loja e pedir informações adicionais. Se estiver bem informado não há como falhar!

2 – Estude e analise: saiba o que são realmente os materiais, como se comportam (se são adequados para interior/exterior, se são resistentes, se são seguros para crianças, etc.), conheça a linguagem mais técnica, veja imagens inspiracionais e compre a saber o que está a comprar.

3 – Planeie, imagine, inspire-se e simule: nas compras online tem tempo e oportunidade para dar largas à imaginação, para olhar para o espaço que vai decorar com olhos de ver, para pensar e repensar no seu projecto, para ver alternativas, para comparar preços e opções.

4 – Veja as imagens em diferentes ecrãs: sobretudo para artigos com cor, uma vez que a resolução e qualidade dos ecrãs alteram (muito!) as cores das imagens.

5 – Acompanhe blogs de decoração (como a homy!), sites e revistas da especialidade: que não raras vezes sugerem novas marcas que desconhecia (como as marcas portuguesas que seleccionamos para si, aqui), apresenta as novas coleções e compõe moodboards que facilitam na hora de escolher as peças acertadas ao nosso estilo.

6 – Consulte sites agregadores: de descontos, outlets ou sites multimarcas de venda exclusiva online. São um grande aliado no esforço de pesquisa do artigo que procuramos e apresentam variadas alternativas.

7 – Compre em sites fidedignos: confirme a opinião de outros utilizadores sobre o produto e o serviço de entrega: muitas vezes o barato sai caro!

8 – Escolha bem as opções de entrega: há vários tipos de entregas e vários prazos. Escolha o que melhor lhe convém, atendendo a que possivelmente terá de ter alguém em casa para receber a encomenda, a que há serviços que só fazem entrega à porta do edifício (não sobem escadas ou elevadores…), a que há produtos que requerem montagem ou instalação técnica e é melhor contratar desde logo o serviço recomendado pela loja ou marca.

 

Qual a sua experiência com compras online de artigos de decoração? Recomenda?