Sharing is caring!

O conceito de cowork apareceu da necessidade de criar um espaço de trabalho para freelancers, criando um ambiente onde se estimulasse o networking entre quem lá trabalha.

É um local onde podemos partilhar experiências, dialogar, conhecer e interagir com quem trabalha ao nosso lado talvez de áreas de trabalho completamente opostas e quem sabe desenvolver projectos em comum. Descontraídos e sempre mais divertidos que os escritórios ditos normais.

São pensados, na sua disposição interna de espaços tanto amplos, para que haja uma permanente comunicação e interacção entre as pessoas que usam o cowork, como mais resguardados para um trabalho mais focado.

Em quase todos usa-se muita cor, decoração relaxada, muito verde relembrando jardins internos. Há sempre muita atenção dada aos espaços comuns, sejam eles salas de reunião, espaços de laser ou de brincadeira pura.

Ter uma boa área social, como bar/cozinha/café é essencial para quem passa os seus dias num corwork. É um meeting point excelente, onde num ambiente mais descontraído socializar.

Espaços amplos e a maioria re-aproveitados de antigas fábricas, lofts abandonados, garagens, mas principalmente em Portugal também aparecem em edifícios que um dia foram de apartamentos, mais pequenos, com pormenores muito interessantes que lhes dão personalidade. Pormenores esses que têm muito a ver com a cidade, ou bairro onde estão.

De um lado muito objectivo, poderá ser um excelente investimento sem investir muito, preço fixo e tudo à disposição, o básico como internet, sala de reuniões, cozinha, isso garantimos que têm.

Piscina de bolas, escorregas, mesa de bilhar, spa e sala de video jogos, isso só alguns.