Sharing is caring!

Hoje vamos falar da lareira d’#acasadahomy!

Mas, antes de mais e para quem se tem perguntado, as obras continuam de vento em popa, sem percalços nem atrasos! Que assim continue, que nós merecemos! Obrigada, Refaz e Carminho Ferreira!

Um das nossas grandes prioridades (lista completa aqui) era modernizar e aligeirar o ambiente. Apesar de muito bem comportada e trabalhadora, a lareira era dos elementos mais perturbadores da nossa casa, por isso foi desde sempre um “must do”!

Não querendo ofender ninguém (nenhuma lareira e muito menos a minha que tanto me aqueceu), a ‘Falecida’ era grosseira, pesada, meio rural mas sem chegar ao nível de se poder considerar decor rústica (de que tanto gostamos)…

RIP…

Era daqueles elementos que tínhamos a certeza que, em substituindo ou fazendo um restyling, ía mudar por completo o look da sala. Mas depois surgiram as dúvidas:

1. E se a abolíssemos completamente e optássemos por outras formas de climatização?

O marido queria muito esta opção, com um argumento de peso que fez com que durante algum tempo esta fosse ‘A’ decisão tomada: é uma fonte de calor muito poluente e ecologicamente pouco sustentável…

Outros pontos a favor, mais secundários, mas de certa forma relevantes: ganhávamos toda uma parede livre para decoração e arrumação e evitava termos de ocupar um espaço (necessariamente grande) para arrumo de lenha…

Mas depois chegaram os dias mais frios e bateu logo a saudade de uns serões à lareira para combater o frio e vento que vêm do mar e da serra e se alojam ali mesmo na nossa rua, à nossa porta… (nota: os orçamentos para as opções alternativas também não ajudaram…).

2. E se substituíssemos por uma salamandra fashion ou uma lareira a bioetanol (há estas lindas da Clearfire: olhem só!)?

Honestamente, estas opções não foram alvo de profunda reflexão…não nos fazia sentido substituir uma lareira existente (com toda a instalação feita e bem feita) por outra solução “menos lareira” (ideais para quem quer instalar este tipo de aquecimento de novo). Também há que dizer que em termos financeiros não era a melhor solução, quando comparado com um simples restyling

3. E se substituíssemos a pedra envolvente por uma mais simples e pronto?

Aí está [aplausos]! Vamos a isso!

Calma….não é assim tão simples! Arrancar a pedra, implica mover o recuperador, se movemos o recuperador, vamos substituir a tubagem e aproveitamos e subimos um bocadinho para não ficar tão ao nível do chão… Com caixa para a lenha? De lado, em baixo? Revestida? Só à volta? Toda a coluna? A pedra? Qual? E se fosse microcimento?

E assim começou uma bonita viagem pelo Pinterest à procura do design perfeito para a lareira d’#acasadahomy!

 

Imagem: sandrinesarahfaivre.com

 

Imagem: stovax.com

 

Imagem: pinterest.com

 

Imagem: pinterest.com

 

Imagem: pinterest.com

Neste momento, é este o estado da nação:

Work in Progress…

Depois de muito debate e pesquisa, optámos por uma solução “mista”: elevar o recuperador de calor, fazer uma caixa para a lenha em baixo e em cima um patamar.

Algo entre estas duas soluções:

Ainda não temos o 3D final da lareira, nem estamos absolutamente decididos quanto ao acabamento…mas vamos dando notícias!

Estamos, claro!, em pulgas para ver o resultado final, sendo certo que já só vamos acender a lareira no Inverno 2019/2020!…